Greve de ônibus da Sanjotur em São José dos Pinhais

769
Ônibus da Sanjotur Transporte
Foto: Divulgação/Prefeitura de São José dos Pinhais
Publicidade

Uma greve de ônibus da Sanjotur atingia a cidade de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, nesta quinta-feira, dia 14 de outubro de 2021.

Informação apurada pela RPC junto ao Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc) dá conta que o motivo da greve por tempo indeterminado é o atraso nos salários dos trabalhadores.

Pelo menos 85 motoristas da Sanjotur paralisaram as atividades. Entre as linhas afetadas pela greve estavam: Campina, Contenda, Coronel Marcelino, Colônia Rio Grande, Cachoeira, entre outras.

Publicidade

A Prefeitura de São José dos Pinhais informou, por meio de seu site oficial, que uma audiência de reconciliação patronal estava agendada para a tarde desta quinta-feira e que estava realizando o chamamento emergencial para outros tipos de veículos suprirem a demanda.

Leia abaixo a nota da Prefeitura na íntegra:

“A Prefeitura de São José dos Pinhais comunica que desde a manhã desta quinta-feira, 14 de outubro, as operações da Auto Viação Sanjotur, empresa que atende o lote 2 do transporte coletivo do município, estão paralisadas devido a greve dos motoristas.

A Secretaria Municipal de Urbanismo, Transportes e Trânsito (Semutt) está acompanhando a situação e cobrando o pagamento dos funcionários. Inclusive, há uma audiência de reconciliação patronal agendada para a data de hoje – 14 de outubro.

Informamos também que estamos cobrando a empresa para a resolução da situação e manutenção dos serviços de transporte. Salientamos que a Prefeitura tomará todas as medidas cabíveis juridicamente para que a operação não seja paralisada.

A fim de evitar transtornos aos munícipes nesta paralisação, a Prefeitura de São José dos Pinhais está realizando o chamamento emergencial para veículos escolares, vans, operadores de fretamento e veículos de aplicativos/particulares, com o objetivo de suprir a demanda. Por se tratar de lotação emergencial e com trajetos longos de muitas linhas em operação, há um teto máximo no valor da passagem, estipulado em R$ 10.

Finalizamos essa nota ressaltando que a Auto Viação Sanjotur encontra-se em processo de reconciliação patronal e a Prefeitura de São José dos Pinhais está acompanhado todo o processo. Reconhecemos o direito dos motoristas, mas sobretudo, zelamos pela continuidade do serviço aos munícipes. Tomamos conhecimento da possibilidade de indicativo de greve na manhã desta quinta-feira e solicitamos a Auto Viação Sanjotur que respeite a frota mínima operante. O município está tomando as medidas judiciais para que a operação retorne à normalidade.”

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui