DER/PR define vencedor da licitação do anteprojeto de duplicação entre Guaratuba e Santa Catarina

Consórcio de empresas vai elaborar estudos e levantamentos sobre a restauração e duplicação de trecho de 12,81 quilômetros da PR-412, incluindo um novo viaduto em Guaratuba

119
PR-412, ponte sobre o Rio da Praia (Foto: José Fernando Ogura/AEN)
Publicidade

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) publicou na terça-feira (19/04) o vencedor da licitação para elaborar o anteprojeto de duplicação da PR-412 entre Guaratuba e Santa Catarina, no Litoral.

A empresa que arrematou a sessão de disputas na quarta-feira passada (13/04), a Vitis Engenharia Ltda, apresentou uma proposta de preço adequada ao valor de R$ 657.000,00, atingido após negociação com o DER/PR, bem como os documentos necessários em consórcio com a empresa Engmetria Engenharia Ltda. Todos foram avaliados e considerados adequados aos requisitos do edital.

Com a publicação da declaração, demais participantes têm período de três dias úteis para interposição de recurso, caso manifestem intenção de recorrer. Depois deste prazo haverá tempo igual para contrarrazões, sendo todos os argumentos avaliados pelo DER/PR, que vai tomar uma decisão final quanto ao resultado.

Publicidade

ESTUDOS

Estão previstos na elaboração do anteprojeto o diagnóstico ambiental, estudos e levantamentos para a restauração da pista existente e duplicação do trecho de 12,81 quilômetros, que tem início na divisa com Santa Catarina (acesso para Garuva) e segue até Guaratuba, no trevo de acesso ao balneário Coroados. Neste local será estudada a possibilidade de uma interseção em desnível.

Também deverão ser previstos passeios, travessias para pedestres, passarelas, ciclovias ou faixas compartilhadas, onde for aplicável. Será avaliada a drenagem do trecho, devendo ser sugeridas soluções como correção do greide da pista e substituição de galerias por pontes, caso seja necessário. As avaliações incluem o entroncamento com a PR-808 (acesso para Itapoá) quanto à possibilidade de interseção em desnível, e a ponte sobre o Rio da Praia, em relação à necessidade de reforço ou reconstrução.

Uma vez concluído, o anteprojeto poderá ser utilizado para licitar a elaboração do projeto básico, projeto executivo de engenharia e a execução da obra de duplicação em um único edital, utilizando a modalidade Regime Diferenciado de Contratação Integrada (RDCi). Este tipo de contratação já foi utilizado pelo DER/PR para as obras de restauração em concreto da PRC-280, da execução da trincheira da Bratislava em Cambé, da duplicação da PR-317 entre Maringá e Iguaraçu, e na nova duplicação da Rodovia dos Minérios em Almirante Tamandaré.

LITORAL

Além deste anteprojeto em licitação, o DER/PR também trabalha na execução da duplicação da PR-412 em Matinhos, na elaboração dos estudos ambientais e preliminares de engenharia da nova Ponte de Guaratuba, na elaboração do projeto executivo de duplicação da PR-412 entre Matinhos e Praia de Leste, e na duplicação da PR-407 no entroncamento com a PR-412.

O DER/PR está concluindo, ainda, nova licitação de serviços de conservação de rodovias da sua Superintendência Regional Leste, que incluem o Litoral do Paraná. A região está contemplada no lote B da licitação, com extensão total de 182,73 quilômetros, atendendo os municípios de Antonina, Guaratuba, Matinhos, Morretes e Pontal do Paraná.

O DER/PR também publicou recentemente os editais de licitação de conservação da PR-405, em Guaraqueçaba, e de restauração da ponte sobre o Rio Nhundiaquara, em Morretes.

ANTEPROJETO

O anteprojeto é um conjunto de documentos, resultado de estudos e levantamentos em campo, apontando as soluções possíveis para a execução de uma obra. Ele é aproveitado integralmente na elaboração do projeto básico, que é seguido pela elaboração do projeto executivo de engenharia da obra.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui