Linha Verde ganha Ligeirão que interliga 18 linhas e integra transporte de Norte a Sul

453
Foto: Hully Paiva/Secretaria Municipal de Comunicação Social
Publicidade

Curitiba ganha, neste sábado, dia 17 de julho de 2021, mais uma importante linha de ônibus, o Ligeirão Fagundes Varela – Pinheirinho, que vai fazer a ligação inédita entre o Norte e o Sul da cidade pela Linha Verde (BR-476). A nova linha tem capacidade para atender até oito mil pessoas por dia.

O novo Ligeirão vai permitir a integração de 18 linhas pelas estações-tubo, sem contar as conexões que podem ser feitas no Terminal Pinheirinho, o maior da cidade, por onde circulam 38 linhas, sendo quatro metropolitanas. Com a integração, o passageiro pode trocar de ônibus nas estações-tubo ou no terminal sem pagar outra passagem.

O prefeito Rafael Greca inaugurou, nesta sexta-feira, dia 16 de julho, a nova linha e as duas novas estações-tubo que fazem parte do itinerário, a Vila Olímpica e Fagundes Varela. A entrega foi possível com a conclusão de mais um trecho de obras da Linha Verde Norte.

Publicidade

“Essa nova linha tem 29 quilômetros e vai permitir a integração com o Circular Sul ocupando a canaleta central da nossa Linha Verde”, disse o prefeito.

Greca estava acompanhado do vice-prefeito, Eduardo Pimentel, do secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues, do presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs), Ogeny Pedro Maia Neto, e da secretária municipal da Comunicação, Cinthia Genguini.

A linha Fagundes Varela – Pinheirinho, que vai circular com ônibus na cor vermelha, é a 255ª da cidade e terá, entre ida e volta, 29 quilômetros de extensão, ligando o Bairro Alto ao Pinheirinho. Somente nos horários de pico, a linha deve atender 1,5 mil passageiros por dia.

“Trata-se de uma linha aguardada há muito tempo pela população e que essa gestão, com o avanço das obras da Linha Verde, está entregando. O projeto traz mais mobilidade, qualidade no transporte e integração entre os bairros da cidade e também com a Região Metropolitana, disse o presidente da Urbanização de Curitiba.

Na primeira fase, a linha Fagundes Varela – Pinheirinho terá nove estações de parada, número que será ampliado no futuro com o avanço das obras da Linha Verde Norte para a implantação das estações Solar e Atuba e a instalação de outras estações no sentido Sul da cidade.

A linha permitirá integração com diversas outras da cidade que passam pelas mesmas estações, incluindo ainda ônibus metropolitanos que vão até Fazenda Rio Grande e Colombo.

“O novo Ligeirão tende a crescer muito nos próximos anos, principalmente com a implantação das demais estações-tubo no norte da Linha Verde, que ampliarão a integração com a Região Metropolitana, com os municípios de Colombo e Pinhais”, afirmou o presidente da Urbanização de Curitiba.

Com uma frota inicial de três veículos – um biarticulado e dois articulados -, a Fagundes Varela – Pinheirinho vai circular com intervalo médio de 20 minutos. A viagem completa leva uma hora (30 minutos em cada sentido).

O secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues, destacou que o avanço das intervenções na Linha Verde com a conclusão do trecho concretizam os esforços para finalizar a via que corta Curitiba de norte a sul.

“Herdamos essa grande e complexa obra. O resultado do trabalho intenso está aí, com o término do lote 3.1. Logo iremos também concluir a trincheira da Rua Fúlvio José Alice, que ligará Bairro Alto e Bacacheri sob a Linha Verde. E, dia a dia, avançamos com o serviço entre o Conjunto Solar e o Atuba, que pretendemos entregar no próximo ano”, apontou Rodrigo Rodrigues.

Também acompanharam a entrega das estações-tubo nesta sexta-feira, dia 16 de julho, o diretor de Pavimentação, Lívio Petterle Neto, o superintendente de Implantação de Obras Urbanas, Marcelo de Souza Bremer, e a engenheira e fiscal das obras dos Lotes 3.1 e 4.1, Manuela Marqueño.

Linhas integradas

As integrações, de acordo com cada estação de parada da Fagundes Varela – Pinheirinho, são:

  • Estação Fagundes Varela (linhas 211 Colina Verde e 374 Hugo Lange);
  • Estação Vila Olímpica (sem integração);
  • Estação PUC (050 Interbairros V, 471 Vila São Paulo, 472 Uberaba, 475 Canal Belém, 477 Vila Macedo – via Guabirotuba)
  • Estação Marechal Floriano Peixoto (550 Pinheirinho – Carlos Gomes, 502 Circular Sul sentido horário, 602 Circular Sul sentido anti-horário e F02 Curitiba – Fazenda);
  • Estação Fanny (550 Pinheirinho – Carlos Gomes, 621 Fanny, 616 Portão Santa Bernadethe – Linha Verde e B42 Maracanã – Linha Verde)
  • Estação Santa Bernadethe (550 Pinheirinho – Carlos Gomes e 616 Portão – Santa Bernadethe – Linha Verde),
  • Estação Xaxim (550 Pinheirinho – Carlos Gomes, 629 Alto Boqueirão e 657 Xaxim – Capão Raso)
  • Estação São Pedro (550 Pinheirinho – Carlos Gomes, 624 Vila São Pedro e 625 Gramados);
  • Terminal Pinheirinho (todas as linhas do terminal).

Como vai funcionar

A nova estação-tubo Fagundes Varela, que entra em operação com a nova linha, terá embarque e desembarque pelo sentido Atuba.

As duas linhas que integram no local, Colina Verde e Hugo Lange, tiveram algumas mudanças no itinerário por conta da entrada em operação da nova estação-tubo e alterações semafóricas e viárias na Linha Verde, implantadas pela Superintendência de Trânsito (Setran).

Na estação Fagundes Varela, linhas terão embarques em portas distintas, conforme o sentido. Colina Verde: sentido Cabral (porta 6) e sentido Bairro Alto (porta 8). Hugo Lange: sentido Centro (porta 6) e sentido Terminal do Bairro Alto (porta 8).

Fagundes Varela – Pinheirinho é o segundo Ligeirão da Linha Verde

Esse é o segundo Ligeirão a operar na Linha Verde. A linha 550 Pinheirinho – Carlos Gomes já integra a parte sul da Linha Verde ao Centro da cidade.

A Linha Verde, que está sendo implantada no trecho urbano da antiga BR-116 (atualmente BR-476) é o 6º eixo de transporte e de integração viária de Curitiba. Ao todo serão 22 quilômetros de extensão de uma via urbana ao longo do eixo ligando a cidade do Sul ao Norte, desde o Pinheirinho ao Atuba, com estrutura de transporte e urbanização, beneficiando 22 bairros em uma área de abrangência onde vivem perto de 300 mil pessoas.

Mais Ligeirão

A linha Fagundes Varela – Pinheirinho é o segundo Ligeirão inaugurado desde 2018 na capital paranaense.

Naquele ano entrou em operação o Ligeirão Santa Cândida – Praça do Japão, cujo trajeto agora está sendo ampliado até o Pinheirinho. Ele também fará a ligação entre o Norte e o Sul da cidade. Para tanto, ao longo do trecho, 26 estações-tubo serão remodeladas e desalinhadas para possibilitar ultrapassagens, o que tornará a viagem mais rápida em cerca de 16 minutos.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui