60 estações tubo serão reformadas neste ano

A Urbanização de Curitiba informou que vai começar neste mês a reforma do piso de 60 estações tubo na cidade. O objetivo é revitalizar os pisos das estações tubo que se encontrem com sua vida útil vencida, já que algumas estações tubo foram implantadas há mais de duas décadas.

O projeto prevê, ao todo, a reforma de 141 estações tubo em dois anos (2020/2021). Trata-se do maior projeto de reforma desses equipamentos do transporte coletivo.

As 60 estações tubo que passarão por melhoras representam 18% das 331 estações tubo do transporte coletivo de Curitiba. O custo da reforma é de R$ 1 milhão em 12 meses.

A primeira interdição total de uma estação ocorrerá neste sexta-feira, dia 6 de março, no sábado, dia 7 de março e no domingo, dia 8 de março, na estação tubo Praça Oswaldo Cruz, sentido Santa Cândida. A estação já está sendo reformada durante essa semana, mas continua operando normalmente esta quinta-feira, dia 5 de março.

A execução dos serviços deverá ocorrer com interdições parciais em algumas estações tubo, de modo a não prejudicar a operação e otimizar o tempo da equipe executora, até que chegue o momento de interdição total programada.

O serviço prevê a recuperação da subestrutura metálica de sustentação do piso, troca total do piso e troca total do revestimento do piso.

A intenção, explica o presidente da Urbanização de Curitiba, Ogeny Pedro Maia Neto, é que as interdições, quando necessárias, sejam realizadas na sexta e nos fins de semana, para evitar o desconforto dos passageiros durante a semana, quando há mais movimento.

Informação

A cada obra, os passageiros serão avisados com uma semana de antecedência, com avisos da Urbanização de Curitiba nas próprias estações.

A sequência de execução será determinada a cada mês conforme o andamento dos serviços. O objetivo é de executar aproximadamente cinco estações por mês, mas fatores como chuvas ou o tamanho de uma estação (que pode variar em até seis vezes) podem alterar esse número.

A previsão é que a próxima estação a passar pela reforma será a estação Kennedy, que terá sua capacidade reduzida por interdições parciais até o fim do serviço de 13 a 17 de março.

Nos dias 20 e 21 de março, a estação tubo Praça Rui Barbosa, sentido Bairro Novo, que fica na rua Desembargador Westphalen, será totalmente interditada e nos dias 27 e 28 de março, a estação tubo Sebastião Paraná, sentido Capão Raso, não vai operar.

Um levantamento realizado em 2019 serviu de base para a escolha das estações que estão na reforma. “Ao final da reforma dos pisos, os usuários do transporte coletivo de Curitiba poderão desfrutar de estações tubo em melhor estado de conservação, com maior conforto e menor risco de acidentes”, diz o presidente da Urbanização de Curitiba.

Confira aqui a lista de estações tubo que serão reformadas até o fim do ano.

Mobilidade Curitiba

A redação do Mobilidade Curitiba é responsável pela produção de conteúdo sobre a mobilidade urbana de Curitiba e Região Metropolitana. Deseja entrar em contato conosco para enviar informações, sugestões de pauta ou anunciar? Envie um e-mail para contato@grupopln.com.br ou envie uma mensagem para o nosso Whatsapp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.