Governo estadual vai investir R$ 657 mil no anteprojeto de duplicação entre Guaratuba e Santa Catarina

Está prevista a duplicação de 12,81 quilômetros da PR-412, um viaduto no acesso ao balneário Coroados, passeios, travessias para pedestres, passarelas, ciclovias ou faixas compartilhadas

94
Foto: José Fernando Ogura/AEN
Publicidade

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) promoveu nesta quarta-feira (13/04) a sessão de disputas da licitação do anteprojeto de engenharia e diagnóstico ambiental da duplicação da PR-412, entre Guaratuba e a divisa com Santa Catarina, no Litoral. Seis empresas participaram, fazendo lances cada vez menores, até ser definida a arrematante. Após a disputa e negociação pelo DER/PR, o investimento no anteprojeto será de R$ 657 mil, proposto pela participante Vitis Engenharia Ltda.

A empresa tem agora prazo de um dia útil para apresentar uma proposta adequada a este valor, além de encaminhar demais documentos exigidos em edital. Caso a documentação seja aceita, o resultado será publicado nos portais Compras Paraná e Licitações-e, abrindo o período para interposição de recursos.

Estão previstos estudos e levantamentos para a restauração da pista existente e duplicação do trecho de 12,81 quilômetros, que tem início na divisa com Santa Catarina (acesso para Garuva) e segue até Guaratuba, no trevo de acesso ao balneário Coroados. Neste local será estudada a possibilidade de executar uma interseção em desnível.

Publicidade

Na elaboração do anteprojeto deverão ser previstos passeios, travessias para pedestres, passarelas, ciclovias ou faixas compartilhadas, onde for aplicável. Será avaliada a drenagem do trecho, devendo ser sugeridas soluções como correção do greide da pista e substituição de galerias por pontes, caso seja necessário. Também será avaliado o entroncamento com a PR-808 (acesso para Itapoá) quanto à possibilidade de interseção em desnível, e a ponte sobre o Rio da Praia, em relação à necessidade de reforço ou reconstrução.

Uma vez concluído, o anteprojeto poderá ser utilizado para licitar a elaboração do projeto básico, projeto executivo de engenharia e a execução da obra de duplicação em um único edital, utilizando a modalidade Regime Diferenciado de Contratação Integrada (RDCi). Este tipo de contratação já foi utilizado pelo DER/PR para as obras de restauração em concreto da PRC-280, da execução da trincheira da Bratislava em Cambé e na nova duplicação da rodovia dos Minérios em Almirante Tamandaré.

LITORAL

Além deste anteprojeto sendo licitado, o DER/PR também trabalha na execução da duplicação da PR-412 em Matinhos, na elaboração dos estudos ambientais e preliminares de engenharia da nova Ponte de Guaratuba, na elaboração do projeto executivo de duplicação da PR-412 entre Matinhos e Praia de Leste, e na duplicação da PR-407 no entroncamento com a PR-412.

O DER/PR está concluindo, ainda, nova licitação de serviços de conservação de rodovias da sua Superintendência Regional Leste, que incluem o Litoral do Paraná. A região está contemplada no lote B da licitação, com extensão total de 182,73 quilômetros, atendendo os municípios de Antonina, Guaratuba, Matinhos, Morretes e Pontal do Paraná.

E o DER/PR publicou recentemente os editais de licitação de conservação da PR-405, em Guaraqueçaba, e de restauração da ponte sobre o Rio Nhundiaquara, em Morretes.

ANTEPROJETO

O anteprojeto é conjunto de documentos, resultado de estudos e levantamentos em campo, apontando as soluções possíveis para a execução de uma obra. Ele é aproveitado integralmente na elaboração do projeto básico, que é seguido pela elaboração do projeto executivo de engenharia da obra.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui