CCR Aeroportos vai investir R$ 270 milhões em obras no Aeroporto de Foz do Iguaçu

441
pessoas
Publicidade

A CCR Aeroportos informou que as obras de melhoria no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu (IGU) começam neste mês de setembro. Como administradora do aeroporto desde maio de 2022, a empresa está empenhada em aprimorar as instalações, criar uma melhor infraestrutura para o desenvolvimento econômico da região Oeste do Paraná e oferecer uma melhor experiência de viagem aos passageiros.

As intervenções estruturais previstas são as seguintes:

  • Adequação de RESAs (áreas de escape na pista) à legislação vigente;
  • Três novos pátios de aeronaves com capacidade para 13 posições C, divididas em 6, 3 e 4 posições por pátio;
  • Reforma e ampliação do Terminal de Passageiros com novos conetores para acesso às pontes de embarque;
  • Relocação de interferências;
  • Construção de Terminais de Cargas.

A obra te o objetivo de aumentar a segurança operacional, otimizar a capacidade de atendimento de aeronaves e proporcionar um ambiente mais confortável e moderno para os passageiros.

Publicidade

O investimento total para essas obras está estimado em R$ 270 milhões. Além disso, esse projeto contribuirá significativamente para a economia local, gerando cerca de 250 empregos diretos durante a fase de construção.

A expectativa é concluir esta série de melhorias no aeroporto até o final de 2024. Durante todo o período de obras, a CCR Aeroportos se empenhará para minimizar os transtornos aos passageiros e manterá uma comunicação transparente sobre o andamento dos trabalhos.

“Além de toda a representatividade para a economia do Paraná, por ser um polo produtor da região Oeste do Estado, o Aeroporto de Foz conecta brasileiros e turistas de todo o mundo às Cataratas do Iguaçu, uma das sete maravilhas naturais do mundo. Estas intervenções que serão feitas vão elevar ainda mais o padrão do aeroporto e fortalecer seu papel como elemento importante para o desenvolvimento econômico e turístico da região”, diz o CEO da CCR Aeroportos, Fábio Russo.

Melhorias em 15 aeroportos

Além do Aeroporto de Fo do Iguaçu, a CCR Aeroportos realiza, de forma simultânea, obras de melhorias na infraestrutura em outros 14 aeroportos que estão sob sua administração no Brasil: Goiânia (GYN), São Luís (SLZ), Imperatriz (IMP), Teresina (THE), Petrolina (PNZ), Palmas (PMW), Curitiba (CWB), Londrina (LDB), Bacacheri (BFH), Navegantes (VNT), Joinville (JOI), Bagé (BGX), Pelotas (PET) e Uruguaiana (URG). A empresa contratada para executar os serviços é a HTB Engenharia e Construção. A previsão é que as obras em todos estes aeroportos sejam concluídas até o final de 2024. O investimento total é de R$ 1,8 bilhão. Cerca de 2,3 mil empregos diretos serão gerados.

Sobre a CCR Aeroportos

A CCR Aeroportos é uma divisão de negócios do Grupo CCR que opera 20 aeroportos no mundo, firmando sua presença em quatro países e nove estados brasileiros. Com a recente expansão a empresa se consolidou como uma das maiores operadoras em número de aeroportos no Brasil. Ao todo administra 17 aeroportos brasileiros: São Luís e Imperatriz, no Maranhão; Palmas, no Tocantins; Teresina, no Piauí; Petrolina, em Pernambuco; Goiânia, em Goiás; o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, por meio da BH Airport, e o Aeroporto da Pampulha, em Minas Gerais; Curitiba, Bacacheri, Londrina e Foz do Iguaçu, no Paraná; Navegantes e Joinville, em Santa Catarina; e Pelotas, Uruguaiana e Bagé, no Rio Grande do Sul. No exterior, a empresa opera os aeroportos de Juan Santamaria (Costa Rica), Quito (Equador) e Curaçao (Antilhas Holandesas). Em todas estas operações, a CCR Aeroportos movimenta cerca de 42 milhões de passageiros por ano.

MOBILIDADE CURITIBA

Siga o Mobilidade Curitiba no Twitter e Instagram e fique informado sobre a mobilidade urbana de Curitiba e Região Metropolitana.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui