Com previsão para setembro, duplicação da rodovia dos Minérios alcança força total

160
rodovia dos minérios
Foto: Gabriel Rosa/AEN
Publicidade

A duplicação da PR-092, conhecida como rodovia dos Minérios, entre Curitiba e Almirante Tamandaré, está com 100% de mobilização das frentes de trabalho a partir desta semana, com previsão de concluir todos os serviços em seis meses. A obra está 81,08% concluída, sob administração do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), autarquia da Secretaria de Infraestrutura e Logística (SEIL). O investimento é de R$ 112.753.714,29.

As frentes atuam na nova pista dupla central da rodovia, na implantação das vias marginais, na escavação e concretagem dos dispositivos de contenção dos aterros e na implantação da cortina de contenção da nova ponte no trecho variante.

A obra começa um pouco antes do viaduto do Contorno Norte de Curitiba (PR-418) e segue por 4,74 quilômetros até o perímetro urbano de Almirante Tamandaré. A pista central é executada em pavimento rígido de concreto, e as vias marginais, em ambos os lados, são de pavimento flexível asfáltico. As pistas contam com sistema de drenagem de águas, sinalização horizontal e sinalização vertical, além de dispositivos de segurança viária.

Publicidade

A obra conta também com 10 pontes em cinco localidades e quatro viadutos em dois pontos, ou seja, são estruturas paralelas, não interligadas, cada uma atendendo um sentido de tráfego da rodovia. Estão incluídos no projeto, ainda, a implantação de ciclovia e passeios, uma passarela para pedestres, melhorias ambientais, iluminação viária e serviços complementares.

CONTRATO 

A retomada dos trabalhos com força total marca o fim de um período de imbróglios administrativos entre o DER/PR e a empreiteira, que resultaram em uma revisão geral do contrato. Ao longo dos últimos meses foram mantidas apenas as condições de trafegabilidade e sinalização no trecho, além da conservação do que já foi executado.

Diversas soluções iniciais de projeto foram revistas e substituídas por outras mais adequadas à realidade do trecho, mantendo ou melhorando a funcionalidade da obra. O projeto original foi elaborado em 2014 e depois doado ao Governo do Estado, que licitou a obra em 2017. Somente em 2019, no começo da atual gestão, a obra foi finalmente contratada, após judicialização da licitação pelas participantes.

O grande intervalo entre elaboração e execução foi um dos principais motivadores desta revisão geral, algo evitado pelo DER/PR na contratação da duplicação do próximo trecho da PR-092, desta vez dentro do município de Almirante Tamandaré. O antigo projeto foi reaproveitado como um anteprojeto, base para uma contratação integrada, que inclui a elaboração de um projeto básico e um projeto executivo de engenharia, seguida pela execução da obra.

Esta segunda obra deve iniciar este mês, após aprovação dos projetos, com mobilização de equipes, maquinário, equipamentos e insumos, além da construção de um canteiro de obras.

TRÁFEGO 

A obra é executada sem interromper o tráfego de veículos no trecho, com as marginais utilizadas para avançar na duplicação da pista central. Todos os desvios e alterações de trânsito necessários contam com sinalização provisória para orientar o condutor, que deve prosseguir nas pistas com cautela e atenção, garantindo a segurança de todos.

A rodovia dos Minérios recebe diariamente um grande volume de tráfego, inclusive de caminhões pesados, circulando entre Curitiba e Almirante Tamandaré, Rio Branco do Sul, Itaperuçu, Cerro Azul e a região do Vale do Ribeira.

MOBILIDADE CURITIBA

Siga o Mobilidade Curitiba no Twitter e Instagram e fique informado sobre a mobilidade urbana de Curitiba e Região Metropolitana.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui