Decreto que oficializa valor do subsídio destinado ao transporte coletivo é assinado

O Governador Carlos Massa Ratinho Júnior assinou na manhã desta quinta-feira, dia 9 de maio, o decreto de suplementação orçamentária para oficializar o valor do subsídio destinado ao transporte coletivo da capital paranaense, buscando manter o valor da tarifa abaixo da tarifa técnica.

De acordo com o decreto, o Governo do Estado do Paraná irá destinar R$ 40 milhões ao transporte coletivo, enquanto a Prefeitura de Curitiba contribuirá com outros R$ 50 milhões, totalizando assim R$ 90 milhões em subsídio.

Segundo o presidente da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba  Gilson Santos: “O valor possibilitará a manutenção da tarifa social do transporte em R$ 4,50, abaixo da tarifa técnica apontada pela Urbanização de Curitiba, em janeiro de 2019, de R$ 4,79”, destacou.

O governador destacou a importância da medida para as pessoas mais carentes: “cerca de 65% dos empregadores pagam aos seus funcionários as passagens de ônibus. Porém os outros 35% muitas vezes precisam tirar o valor do próprio bolso, o que no final do mês tem um impacto enorme na vida dessas pessoas. O subsídio é uma maneira do Estado diminuir este impacto, trazendo mais qualidade de vida pra estes usuários”.

Além da modicidade tarifária (tarifa social em patamar inferior à tarifa técnica), foram anunciadas medidas que buscam priorizar o transporte coletivo e promover melhorias no sistema:

Faixas Exclusivas

Seis novas faixas exclusivas para ônibus localizadas em ruas da capital paranaense deverão ser implementadas:

– Rua João Negrão, entre as ruas André de Barros e Almirante Gonçalves;
– Rua Emiliano Perneta, entre a Alameda Doutor Muricy e a Rua Visconde de Nacar;
– Rua Marechal Deodoro, entre a Rua Ubaldino do Amaral e a Praça das Nações;
– Rua Imaculada Conceição, entre a Estação-tubo PUC (Pontifícia Universidade Católica do Paraná) e a Linha Verde;
– Rua Amintas de Barros, entre as ruas General Carneiro e Ubaldino do Amaral;

A implementação das faixas exclusivas para ônibus pela Prefeitura de Curitiba, já em andamento, tem a programação de conclusão ainda durante o período tarifário de 2019, que vai até janeiro de 2020.

Atendimento à Vila Tupy

Bastante reivindicada pela população, a retomada da ligação da Vila Tupy, em Araucária, com o terminal Pinheirinho, em Curitiba também foi anunciada.

A linha havia sido desativada em 2017, afetando os mais de 20 mil moradores da região do Campina da Barra em Araucária.

Integração Pinhais – Centenário

Outra demanda, aguardada há muitos anos, é a integração do terminal Pinhais com o terminal do Centenário, no Cajuru.

Para Gilson Santos, “São melhorias que trarão mais agilidade e economia para o sistema, além de oferecerem mais conforto para a população”.

Transporte

– Consulte os horários de ônibus municipais e os boletins do transporte no site da Urbanização de Curitiba

– Consulte os horários de ônibus metropolitanos no site da Metrocard

– Informações do Cartão Transporte e Metrocard

Mobilidade Curitiba

A redação do Mobilidade Curitiba é responsável pela produção de conteúdo sobre a mobilidade urbana de Curitiba e Região Metropolitana. Deseja entrar em contato conosco para enviar informações, sugestões de pauta ou anunciar? Envie um e-mail para contato@mobilidadecuritiba.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.