Expansão do Corredor Azul no Paraná: avanços na infraestrutura de abastecimento de GNV e seus benefícios sustentáveis

740
Publicidade

O estado do Paraná está ampliando o Corredor Azul, um projeto que busca criar rotas de abastecimento de caminhões movidos a gás natural veicular (GNV).

Uma das unidades estratégicas será construída na Parada Vendrami, localizada na BR-376, no Distrito Industrial de Ponta Grossa.

Além de abastecer caminhões com GNV, o posto também fornecerá gás natural comprimido (GNC) para outros postos de combustíveis e indústrias da região.

Publicidade

A expectativa é que o posto esteja operacional até o último trimestre deste ano.

A Parada Vendrami é considerada o primeiro posto com infraestrutura exclusiva para abastecimento de veículos pesados no Paraná.

O projeto visa expandir o uso de gás natural em outras localidades do estado, levando competitividade e desenvolvimento.

O gás natural é uma alternativa menos poluente ao diesel e tem potencial de expansão em curto prazo.

A redução de gás carbônico (CO2) em relação ao diesel é estimada em mais de 20%, podendo chegar a 90% com o uso do biometano.

Além dos benefícios ambientais, o abastecimento a gás contribui para a saúde da população, reduzindo a poluição local e os impactos na saúde.

A implementação do posto GNV está a cargo da Gas Futuro, empresa especializada no setor.

A Scania, em parceria com a Compagas, lançou uma linha de crédito para a aquisição de veículos sustentáveis movidos a GNV.

O interesse por caminhões movidos a gás está aumentando entre embarcadores e transportadores, impulsionando a busca por frotas mais sustentáveis.

MOBILIDADE CURITIBA

Siga o Mobilidade Curitiba no Twitter e Instagram e fique informado sobre a mobilidade urbana de Curitiba e Região Metropolitana.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui