Instalação transforma túneis de terminais em galeria de arte

Os túneis de passagem dos terminais de ônibus do Campina do Siqueira, Campo Comprido e Cabral viraram galerias de arte temporárias.

Até o dia 26 de junho os passageiros que circularem nesses terminais vão se deparar com uma instalação fotográfica de 30 metros de comprimento no teto dos túneis, em quase toda a extensão.

A instalação das artistas visuais Eliane Prolik e Larissa Schip foi feita dentro do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura, da Fundação Cultural de Curitiba, e com apoio também da Urbanização de Curitiba.

Túnel em Curitiba
Foto: Levy Ferreira/Secretaria Municipal da Comunicação Social

As fotografias usadas na instalação foram feitas pelas artistas a partir de imagens que retratam os mesmos túneis. “A exposição dá uma sensação de movimento, de mobilidade de vida urbana”, disse Elaine Prolik, uma das artistas.

A escolha dos três terminais foi determinada pela arquitetura de ambos, que têm as luzes nas laterais, deixando livre o teto. “Essa foi uma característica importante para esse projeto”, disse Elaine, que também elogiou a equipe da Urbs. “Foram muito eficientes, a união da Urbs e Fundação Cultural neste projeto foi um casamento que deu certo”, completou.

Além da sequência de imagens fixadas no teto da galeria, a intervenção também traz um texto do curador e crítico de arte Adolfo Montejo Navas e um QR code que dá acesso ao perfil do projeto no Instagram.

Mobilidade Curitiba

A redação do Mobilidade Curitiba é responsável pela produção de conteúdo sobre a mobilidade urbana de Curitiba e Região Metropolitana. Deseja entrar em contato conosco para enviar informações, sugestões de pauta ou anunciar? Envie um e-mail para contato@mobilidadecuritiba.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.