Linha 723 Emílio Romani: mais uma opção de transporte para a Cidade Industrial de Curitiba

226
linha 723
Foto: José Fernando Ogura/SMCS
Publicidade

A população de Curitiba e trabalhadores da região da Cidade Industrial de Curitiba têm mais uma opção de transporte coletivo com a chegada da linha 723 Emílio Romani.

O prefeito em exercício, Eduardo Pimentel, lançou oficialmente, nesta quinta-feira (25/1), a linha, que está operando desde o dia 18 de dezembro. Pimentel, empresários da região e técnicos da Urbanização de Curitiba (Urbs) embarcaram no ponto da Avenida Juscelino Kubitscheck de Oliveira, 11.800 e percorreram parte do trajeto, desembarcando na Rua Emílio Romani, 1.150, em frente à empresa Biotrop, onde aconteceu uma cerimônia de lançamento. 

“Contem com a nossa equipe na Prefeitura, nós trabalhamos para melhorar a qualidade de vida do nosso povo. Por isso é tão importante entregarmos essa nova linha, trazendo mais segurança e conforto aos usuários. Quando a comunidade se une e o pedido é pertinente, a Prefeitura atende”, salientou Eduardo Pimentel.

Publicidade

A nova linha era um pedido dos trabalhadores da região, que passaram a ter ponto próximo do local de trabalho e mais segurança para se deslocar. A previsão é atender 1,2 mil pessoas por dia e desde sua implantação já foram realizados 1.934 deslocamento dos trabalhadores da região.

O diretor executivo da empresa Oregon Tool, Wilson Jorge, ressaltou a necessidade e importância da nova linha. “Há vários anos que não tínhamos uma linha de transporte público que atendesse aos nossos funcionários e só temos a agradecer à Prefeitura por essa melhoria”, declarou.

Mais conforto e segurança

Funcionário de uma das empresas da região, Robson da Silva, 41 anos, morador de Araucária, comemorou a implantação da nova linha de transporte público. 

“Ela otimizou o nosso tempo de trajeto para a empresa, trouxe segurança e conforto. Agora a gente desce na frente da empresa sem precisar ficar se deslocando em dia de chuva ou de muito calor. Para mim foi excelente”, declarou Robson da Silva.

Ruth Brochter Von Linsingem, 36 anos, moradora do bairro Mercês, também é usuária da nova linha e comemorou a conquista, elogiou os ônibus novos e disse que ficou muito melhor chegar ao trabalho dessa forma.

Com 11,9 quilômetros de extensão no trajeto de ida e volta, a linha 723 vai funcionar nos dias úteis, com tempo de viagem de 35 minutos. Serão beneficiados diretamente funcionários de cinco empresas: Biotrop, Metalfim, Oregon, Manuli-Fitasa e Total Química.

A linha 723 realiza itinerário pelas ruas Pedro Gusso, Des. Cid Campelo, Vicente Micheloto, Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, Cyro Correia Pereira, Emílio Romani e Paul Garfunkel, sentido bairro; e pelas ruas Paul Garfunkel, Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, Vicente Micheloto, José Rodrigues Pinheiro, João Chede, Des. Cid Campelo e Pedro Gusso, sentido Terminal CIC.

Ampliando a oferta

Essa é a segunda linha implantada pela Urbs para atender funcionários de empresas da CIC. Em outubro de 2023, entrou em operação a linha 722 Complexo Industrial, ligando o terminal Caiuá à região industrial. A linha beneficiou diretamente funcionários de cinco empresas: SVD Transportes; Kuehne e Nagel, Vitao Alimentos, OVD e Grasp.

Do Terminal Caiuá, a linha segue pela Rua Lodovico Kaminski, Alfredo Constantino Moro e termina na marginal da Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira.

MOBILIDADE CURITIBA

Siga o Mobilidade Curitiba no Twitter e Instagram e fique informado sobre a mobilidade urbana de Curitiba e Região Metropolitana.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui