Londrina: Veículos comuns podem utilizar faixa exclusiva para ônibus na Avenida Duque de Caxias das 9h às 16h

165
Londrina Faixa
Foto: Vivian Honorato/Prefeitura de Londrina
Publicidade

Desde às 9h desta quinta-feira (2/6), veículos comuns podem até às 16h, utilizar a faixa exclusiva para ônibus na Avenida Duque de Caxias, área central de Londrina. Esta é a primeira benfeitoria que a Prefeitura de Londrina, por meio da Companha Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), promoveu na via, que ainda vai receber recape asfáltico e Zona Azul.

A mudança vale para um trecho de cerca de 1,3 km entre as avenidas Leste-Oeste e Juscelino Kubitschek. Atualmente, os carros que não integram o transporte coletivo podem fazer uso do corredor especial somente das 19h às 7h. Antes das 9h e após as 16h – faixa de horário de tráfego mais intenso – a prioridade de circulação na canaleta continuará a ser dos ônibus. Dessa forma, automóveis e motocicletas poderão acessar o espaço apenas para conversões à direita.

Para celebrar a ocasião, diversos empresários da Avenida Duque de Caxias se reuniram nesta quinta-feira, no auditório do SESC Cadeião Cultural, com o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati; o presidente da CMTU, Marcelo Cortez; a presidente da Associação Comercial e Industrial de Londrina (Acil), Márcia Manfrin; a deputada Federal, Christiane Yared e os vereadores Sonia Gimenez; Eduardo Tominaga; Emanoel Gomes e Gioavani Mattos.

Publicidade

“São várias ações realizadas pela Prefeitura. Então, a partir de hoje, o horário das 9h às 16h, fica liberado ali a faixa exclusiva do ônibus, e na sequência, o recape asfáltico de toda a Duque de Caxias, desde de a BR-369 até ali na Inglaterra”, disse o prefeito Marcelo Belinati. Ele explicou que o recape asfáltico na Avenida Duque de Caxias deve começar nos próximos dias e que os recursos para a obra, em grande parte, foram viabilizados pela deputada Federal Christiane Yared. “A deputada Christiane Yared destinou uma emenda de R$ 1 milhão e meio de reais e o complemento será feito com recursos próprios da Prefeitura. Nós já temos o projeto de recape. Enfim, já temos a empresa contratada, falta só iniciar”, declarou o prefeito.

O presidente da CMTU, Marcelo Cortez, comentou como a companhia chegou a esta decisão de liberar o tráfego de veículos na faixa exclusiva no período das 9h às 16h. “É uma reinvindicação dos empresários e de todas as pessoas que utilizam a Duque de Caxias ou moram no entorno. Nós verificamos que no entrepico, os ônibus tem menos passageiros, menos linhas, e dentro dessa perspectiva, nós fizemos um estudo para melhorar a fluidez de trânsito, melhorar o deslocamento das pessoas que precisam da Duque de Caxias”, explicou.

Recentemente, o trecho que recebeu as alterações foi sinalizado pela CMTU. O trabalho envolveu a instalação de placas e a demarcação de novas pinturas na pista. Houve também a implantação de quatro câmeras de monitoramento, que, aliadas à atuação dos agentes de trânsito, serão responsáveis por fiscalizar a correta utilização da faixa.

O comerciante Carlos Euzébio, proprietário da Dismafe Ferramentas, disse que está na Duque de Caxias há 32 anos, e que ficou muito contente com as melhorias que a Prefeitura está promovendo no local. “A conta é muito simples, ali é uma área comercial, e o que nós precisamos? De gente! Gente é cliente. Se há cliente, há venda. E se há venda, há emprego. É esse o benefício que nós estamos querendo colher, nada mais que isso. Que gere comércio realmente. Que é pra isso que é a Duque de Caxias. E que a gente venha ver aquelas portas mais abertas, mais modernas. É o centro de Londrina a Duque de Caxias. É o coração de Londrina”, declarou.

A segunda etapa de intervenções na Duque de Caxias inclui ainda criação de vagas de Zona Azul. A introdução do estacionamento regulamentado, que também irá funcionar das 9h às 16h, tem como objetivo garantir a rotatividade dos locais de parada. Demanda antiga dos comerciantes da região, o compartilhamento da faixa exclusiva na via, assim como a implantação de Zona Azul, pretendem tornar a Duque de Caxias mais atrativa.

A deputada Christiane Yared disse que além dos recursos para o recapeamento da via, na ordem de R$ 1,5 milhão, obtidos via emenda federal – outros R$ 3 milhões foram destinados via Lei Orçamentária Anual para a pavimentação de outras ruas de Londrina.

Participaram também da solenidade, o tenente-coronel Nelson Villa, comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar; o diretor comercial da Acil, Angelo Pamplona; o superintendente do Sebrae, Fabrício Bianchi; presidente do Sincoval, Ovhanes Gava; vice-prefeito João Mendonça e os secretários municipais de Obras e Pavimentação, João Verçosa e de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada; o presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (Ippul), Tadeu Felismino, entre outras autoridades, empresários e representantes.

Em vigor desde julho de 2010, a canaleta foi uma realização da Prefeitura de Londrina por meio da CMTU, do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (Ippul) e da Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação, em parceria com o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de Londrina (Metrolon).

Mobilidade Curitiba

Siga o Mobilidade Curitiba no Twitter e Instagram e fique informado sobre a mobilidade urbana de Curitiba e Região Metropolitana.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui