Cidade Industrial de Curitiba ganha semáforo e travessia elevada

100
Semáforo Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza
Trecho da Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, próximo ao Expo Unimed (Foto: Reprodução/Google Street View)
Publicidade

Na segunda-feira, dia 16 de março de 2020, a Prefeitura de Curitiba começa a instalação da estrutura para um semáforo, com acionamento pelo pedestre, em frente à Universidade Positivo, na Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, no bairro Cidade Industrial de Curitiba.

De acordo com a Superintendência de Trânsito, o término desse trabalho de implantação da estrutura do equipamento semafórico deve acontecer em até uma semana. Já o início do funcionamento do semáforo está previsto para os próximos 30 dias.

“Além da parceria nessa implantação, a Universidade Positivo fará um trabalho educativo para que a comunidade universitária use esta travessia para atravessar a via”, informa a superintendente de Trânsito, Rosângela Battistella.

Publicidade

Já na Rua Heitor Alencar Furtado, onde fica localizado um dos campus da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, serão colocadas duas travessias elevadas para pedestres. Neste caso, a parceria da Superintendência de Trânsito será com a Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

“Os dois estabelecimentos de ensino somam, juntos, uma comunidade de 15 mil pessoas. São polos geradores de tráfego, da mesma forma que grandes empreendimentos, como shopping ou supermercados”, explica Rosângela Battistella.

As medidas, que serão possíveis por meio de parceria com os dois estabelecimentos de ensino instalados nas proximidades, foram definidas após reunião realizada durante a tarde desta sexta-feira, dia 13 de março.

Radar

A Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza conta com três radares fixos para fiscalizar o limite de velocidade.

No planejamento da Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito já estava prevista a instalação de mais um radar na via, nas proximidades dos estabelecimentos de ensino.

Desde dezembro de 2019, o município aguarda autorização do Tribunal de Contas para a publicação do edital que possa dar prosseguimento ao processo licitatório.

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui