Governo estadual destaca ações para mobilidade sustentável

O governador Carlos Massa Ratinho Júnior reforçou nesta quarta-feira, dia 11 de setembro, a determinação do Governo do Estado do Paraná em apoiar iniciativas para ampliar a mobilidade sustentável no Paraná. Ele esteve no Complexo Ayrton Senna, que abriga quatro fábricas da Renault, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

Durante a agenda na montadora, o presidente da Renault no Brasil, Ricardo Gondo, fez a entrega de dois veículos 100% elétricos ao Governo do Estado do Paraná – um Zoe e um Kangoo Z.E.

Os carros serão usados em regime de comodato para testes pelas secretarias de governo. “Os testes com esses dois carros elétricos acompanham a plataforma de inovação do Paraná, trazendo novos mecanismos de sustentabilidade”, afirmou o governador.

Carlos Massa Ratinho Júnior destacou o projeto de lei enviado pelo Executivo à Assembleia Legislativa propondo zerar a alíquota do Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores de veículos elétricos até 2022. A matéria já passou pelas comissões de Finanças, Constituição e Justiça e do Meio Ambiente e deve ir a plenário nesta quarta-feira. Atualmente a alíquota cobrada é de 3,5%.

“Essa iniciativa reforça a visão do Governo do Estado em buscar mais sustentabilidade, cuidar do meio ambiente, em consonância com o que já acontece em países de Primeiro Mundo”, afirmou o governador.

Segundo Carlos Massa Ratinho Júnior, o Paraná também defende junto ao Conselho Nacional de Política Fazendária a retirada do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços na compra de carros elétricos como forma de estimular a produção e uso deste tipo de veículo. “A ideia é diminuir cada vez mais o preço dos veículos elétricos e torná-los mais acessíveis à população”, disse.

Veículos Renault
Foto: Rodrigo Félix Leal
EXPANSÃO

Tendência global, o uso de veículos elétricos vem crescendo, ancorado por políticas de desenvolvimento sustentável. No Brasil, o Paraná é o estado mais preparado para viabilizar esse mercado, com políticas de incentivo, a ampliação do programa Smart Energy (vinculado ao Tecpar), parcerias com o setor privado e o fortalecimento da eletrovia da Copel, a maior do país, que corta o Paraná de Leste a Oeste via rodovia BR-277.

CRESCIMENTO INDUSTRIAL

No encontro na Renault, o governador destacou também o crescimento da produção industrial no Estado do Paraná. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulgados na terça-feira, dia 10 de setembro, indicam que o Paraná registrou o maior índice de crescimento na produção industrial do País neste ano.

Entre janeiro e julho o percentual acumulado foi de 7,2%, à frente dos 15 locais pesquisados (10 tiveram variação negativa) e do índice nacional, que apresentou queda de -1,7%. O desempenho é o maior índice acumulado nos primeiros sete meses do ano desde julho de 2010, quando a indústria paranaense cresceu 22,3%.

“O momento do Paraná é muito bom, recebendo investimentos não só do Brasil, mas também internacional. É uma união de esforços para gerar emprego”, afirmou o governador. “Nesse sentido, a Renault tem uma importância muito grande para o Estado. São 7 mil empregos diretos e mais de 25 mil indiretos no Paraná”, completou.

Mobilidade Curitiba

A redação do Mobilidade Curitiba é responsável pela produção de conteúdo sobre a mobilidade urbana de Curitiba e Região Metropolitana. Deseja entrar em contato conosco para enviar informações, sugestões de pauta ou anunciar? Envie um e-mail para contato@mobilidadecuritiba.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.