Passagens de ônibus na Região Metropolitana de Curitiba sobem a partir de 28 de fevereiro

A Comec (Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba) anunciou nesta terça-feira, dia 26 de fevereiro, o reajuste das passagens de ônibus para a Região Metropolitana de Curitiba. O reajuste médio será de 3,70%.

O valor do reajuste está abaixo da inflação no acumulado de fevereiro de 2017 a janeiro de 2019 (período em que passagens ficaram congeladas) e que foi possível por causa do subsídio anunciado pelo governo estadual de R$ 150 milhões para o transporte coletivo.

O subsídio possibilitou o congelamento da tarifa nos municípios mais distantes da capital paranaense e que pagam os maiores valores. São os municípios de Mandirituba, Quitandinha, Contenda e Agudos do Sul, tendo ainda as linhas integradas como Bocaiúva do Sul, Contenda, Itaperuçu e Rio Branco do Sul o valor de R$ 5,30, que também foi mantido.

Gilson Santos, Presidente da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Foto: Maurílio Cheli/Secretaria Municipal da Comunicação Social)

Os valores nestes municípios permanecerão entre R$ 4,90 e R$ 6,50. “Caso não houvesse o subsídio a tarifa técnica média da Região Metropolitana de Curitiba seria de R$ 6,35, podendo chegar a R$ 12,00 nos municípios mais distantes”, destacou o presidente da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba, Gilson Santos.

Os novos valores das passagens passarão a valer a partir desta quinta-feira, dia 28 de fevereiro. O passageiro que carregar o cartão Metrocard até quarta-feira, dia 27 de fevereiro, ainda poderá utilizar os créditos com o valor antigo por 30 dias. Após esse período, se o passageiro ainda tiver saldo no cartão, será descontado o valor da nova passagem.

Novos valores

Abaixo você confere a tabela completa com os novos valores que entrarão em vigor a partir desta quinta-feira, dia 28 de fevereiro:

Almirante Tamandaré

Almirante Tamandaré

Auracária

araucária

Balsa Nova

balsa nova

Bocaiúva do Sul

bocaiúva do sul

Campina Grande do Sul

campina grande do sul

Campo Largo

campo largo

Campo Magro

campo magro

Colombo

colombo

Contenda

contenda

Fazenda Rio Grande

fazenda rio grande

Itaperuçu

itaperuçu

Mandirituba

mandirituba

Pinhais

pinhais

Piraquara, Quatro Barras, Quitandinha e Rio Branco do Sul

piraquara

São José dos Pinhais

são josé dos pinhais tarifa

Novas integrações

O subsídio possibilitará a integração de quatro importantes linhas:

I20 Colombo – São José

A linha I20 Colombo – São José passará a atender o terminal do Centenário, no Cajuru, proporcionando ligação com os terminais Pinhais, Maracanã e com o Centro de São José dos Pinhais.

031 Quatro Barras – Santa Cândida

A linha 031 Quatro Barras – Santa Cândida será estendida, passando a atender o Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul, a partir do Terminal Santa Cândida.

Hospital do Rocio

Será criada uma linha para atender o Hospital do Rocio, em Campo Largo, com conexões através do ligeirinho que parte do Terminal Campina do Siqueira, em Curitiba.

690 Vila Juliana

A linha 690 Vila Juliana passará a atender o bairro Campina da Barra, mais precisamente a Vila Tupi, proporcionando ligação direta com o Terminal Pinheirinho, em uma parceria entre Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba, Prefeitura de Curitiba, Urbanização de Curitiba e Prefeitura de Araucária, que subsidiará o aumento de frota da linha alimentadora.

“São quatro demandas importantíssimas para Curitiba e região, e que sozinhas deverão ampliar o atendimento para cerca de 2 mil passageiros por dia. Não tenho dúvidas de que farão a diferença na vida destas pessoas”, destacou Gilson Santos.

Fazenda Rio Grande – Curitiba

Outras duas medidas importantes beneficiarão os moradores de Fazenda Rio Grande que utilizam o ligeirinho F02 Curitiba – Fazenda Rio Grande:

1) Ampliação da estação-tubo da Praça Carlos Gomes, que em horários de pico trabalha acima da capacidade, trazendo transtornos e demora no atendimento do transporte na região.

2) Substituição de ligeirinhos comuns por articulados que aumentarão a capacidade de atendimento na linha. Segundo o presidente Gilson Santos “esta é uma das maiores demandas da Comec. A situação ali chegou no limite. Mas tenho certeza que as ações que estamos prevendo trarão melhorias significativas”.

Faixas exclusivas

O subsídio de acordo com o presidente da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba contempla ainda uma sugestão inicial de 40 quilômetros de faixas exclusivas para ônibus, a serem estudadas quanto a viabilidade técnica, operacional e financeira, em vias como a Victor Ferreira do Amaral, Comendador Franco, Cândido de Abreu e João Negrão.

A expectativa é de que as faixas exclusivas, já utilizadas em algumas vias da capital paranaense, tragam mais velocidade ao transporte coletivo, reduzindo significativamente o tempo de viagem e custos do sistema.

Passagem de ônibus em Curitiba

Na cidade de Curitiba, o valor da passagem de ônibus será reajustado a partir do dia 1º de março, o valor sobe dos atuais R$ 4,25 para R$ 4,50.

Trânsito e Transporte

– Confira os boletins e informações do trânsito de Curitiba no Twitter da Superintendência de Trânsito de Curitiba

– Consulte os horários de ônibus e os boletins do transporte no site da Urbanização de Curitiba

– Consulte os horários de ônibus metropolitanos no site da Metrocard

–  Informações do Cartão Transporte e Metrocard

Mobilidade Curitiba

A redação do Mobilidade Curitiba é responsável pela produção de conteúdo sobre a mobilidade urbana de Curitiba e Região Metropolitana. Deseja entrar em contato conosco para enviar informações, sugestões de pauta ou anunciar? Envie um e-mail para contato@mobilidadecuritiba.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.