Prefeitura de Curitiba avança no processo de modernização do transporte público

Nesta terça-feira, dia 4 de junho, técnicos do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba e da Secretaria Municipal de Finanças receberam a especialista em transporte do Banco Interamericano de Desenvolvimento, Karisa Ribeiro, em missão exploratória e preparatória à missão oficial do Banco Interamericano de Desenvolvimento que deverá vir a cidade em julho deste ano, em data ainda a ser definida.

Os representantes da instituição virão tratar do Projeto Inter 2, de modernização da Rede Integrada de Transporte de Curitiba.

Na semana passada, a Prefeitura de Curitiba obteve o sinal verde da Comissão de Financiamentos Externos, coordenada pela Secretaria de Assuntos Econômicos Internacionais do Ministério da Economia, para a obtenção do financiamento.

Serão R$ 534 milhões em investimentos, dos quais R$ 427,2 milhões com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento e contrapartida da Prefeitura de Curitiba de R$ 106,8 milhões.

No conjunto de intervenções para a evolução do transporte coletivo de Curitiba estão definidas a reestruturação viária, implantação de novos corredores para os ônibus e de um novo modelo de estações, climatizadas e auto-sustentáveis.

“Este projeto elevará o transporte de Curitiba a um novo patamar. A cidade e o BID já têm uma história de parceria de resultados em favor da mobilidade. Agora vamos abrir novos caminhos com vistas à eletromobilidade, afirmou o presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba, Luiz Fernando Jamur.

Reunião Modernização Transporte
Foto: Divulgação

A Linha Inter 2 corta toda a cidade num itinerário radial fazendo a integração com os eixos troncais. “Por sua relevância e capilaridade, a Inter 2 deverá ser a primeira da cidade a operar com veículos elétricos, oferecendo assim suporte à reestruturação da Rede Integrada de Transporte”, completou o presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba.

O projeto Inter 2 prevê a ampliação da velocidade operacional e da qualidade dos serviços de transporte das linhas de maior carregamento que funcionam fora das canaletas. Já num primeiro momento, a capacidade de transporte da Linha Direta Inter 2, de Ligeirinho, e Interbairros II (paradora) irá aumentar dos atuais 155 mil transportados diariamente para 181 mil passageiros por dia.

O Inter 2 atravessa 28 dos 75 bairros de Curitiba: Alto da Glória, Alto da Rua XV, Bigorrilho, Bom Retiro, Cabral, Centro Cívico, Hugo Lange, Jardim Social, Juvevê, Mercês, São Francisco, Hauer, Xaxim, Cajuru, Capão da Imbuia, Guabirotuba, Jardim das Américas, Uberaba, Tarumã, Campina do Siqueira, Seminário, Vista Alegre, Fanny, Novo Mundo, Portão, Santa Quitéria, Vila Izabel, Capão Raso, onde se concentram 580 mil habitantes.

Também participaram da reunião, a supervisora de Planejamento do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba, Rosane Valduga; o assessor da presidência, Ricardo Bindo; Olga Prestes e Fabiano Losso, da coordenação de transportes e mobilidade; Guacira Civolani, da coordenação do sistema viário, e Paulo Socher, da Unidade Técnico Administrativa de Gerenciamento/Unidade de Gerenciamento do Programa, além de Ana Cristina Jayme, Teresa Fernandes e Eliane Elias, da assessoria de Captação de recursos e gestão de investimentos da Secretaria Municipal de Finanças.

Mobilidade Curitiba

A redação do Mobilidade Curitiba é responsável pela produção de conteúdo sobre a mobilidade urbana de Curitiba e Região Metropolitana. Deseja entrar em contato conosco para enviar informações, sugestões de pauta ou anunciar? Envie um e-mail para contato@mobilidadecuritiba.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.