Prefeitura de Ponta Grossa anuncia projeto Tarifa Zero

165
Projeto Tarifa Zero
Foto: Prefeitura de Ponta Grossa
Publicidade

O prefeito Marcelo Rangel anunciou nesta quarta-feira, dia 11 de dezembro de 2019, o projeto Tarifa Zero “para a universalização do transporte coletivo da cidade”. A medida é inédita no País em cidades com mais de 300 mil habitantes e deve ser implementada nos próximos meses em Ponta Grossa.

De acordo com o prefeito Marcelo Rangel, o projeto de alteração para a Lei do Transporte Coletivo, essencial para a implantação da Tarifa Zero, já foi encaminhado para a Câmara Municipal de Ponta Grossa. A principal mudança é a criação de uma taxa do transporte coletivo, que utiliza como base a Lei Federal do Vale Transporte.

“Hoje, a média de pagamento do vale transporte para empresas é em torno de R$ 180,00 a R$ 190,00. A taxa social será de um valor de referência e meio, o equivalente a R$ 121,66”, explicou o prefeito.

Publicidade

Segundo o presidente da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes, Roberto Pellissari, a iniciativa apresentada surgiu após diversas análises promovidas pelo corpo técnico da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes e de Secretarias da Prefeitura de Ponta Grossa.

“Essa versão surgiu de um projeto inicial que nós conversamos lá atrás e, de lá pra cá, fomos fazendo todos os estudos necessários para chegarmos neste projeto apresentado aqui hoje. O formato proposto por nós proporciona a universalização do transporte, auxiliando todas as famílias que necessitam do transporte público na cidade”, declarou Roberto Pellissari.

Durante o evento, o presidente da Câmara Municipal de Ponta Grossa, Daniel Milla, ressaltou a importância do projeto para a população. “Estamos falando da universalização do transporte público, algo que todos intentam, algo que a Câmara debate todo dia. Eu não vejo empecilhos ou dificuldades em relação a esse projeto por que estamos falando da necessidade da população ponta-grossense. Aqui nasce uma semente que vai ser exemplo para todo país”, aponta.

Como vai funcionar?

Com a aprovação do projeto Tarifa Zero pela Câmara Municipal de Ponta Grossa, são necessários 90 dias para o projeto entrar em vigor. A expectativa, de acordo com a Prefeitura de Ponta Grossa é de que a Tarifa Zero seja implementada a partir de 1º de maio de 2020.

Para isso, é necessária a aprovação do legislativo até o dia 31 de dezembro deste ano. Em vigor, o transporte coletivo será custeado através da Tarifa do Transporte Coletivo, sendo universal para toda a população.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

  1. A TARIFA ZERO é um projeto antigo que nasceu em 1991 na época em que Lúcio Gregori era o secretário de transportes da ex-prefeita Luiza Erundina do PT e que atualmente tem quase 90 anos de idade. Na época discutiu-se o assunto mas sequer as administrações do PT nas cidades onde ganharam em 1992, 1996 e 2000 ousaram implantá-las. É CORRETO que toda a sociedade pague uma taxa para que possa usufruir do transporte coletivo gratuito quer utilize ele ou não. É UMA FORMA também dos mais ricos subsidiarem de alguma forma os mais pobres. NO ENTANTO tudo precisa ser transparente e precisa ter oferta boa de transporte e frota pois nas cidades que tiveram TARIFA ZERO os onibus circulavam praticamente de uma em uma hora e aos domingos nem havia onibus. Agudos do Sul foi uma das cidades que teve isso e nem sei se ainda mantém este serviço.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui