Tráfego desviado na BR-277 para construção de trincheira no Guatupê

104
Tráfego BR-277
Foto: Ademar Marques/Prefeitura de São José dos Pinhais
Publicidade

Um trecho de 150 metros da rodovia BR-277, na altura do quilômetro 72, está com o tráfego desviado por uma alça marginal, no sentido Curitiba, desde o final da manhã desta sexta-feira, dia 20 de setembro, por causa da escavação no solo para a construção da Trincheira Marechal Hermes, que vai ligar o Bairro Afonso Pena ao Grande Guatupê.

A obra é de responsabilidade da Prefeitura de São José dos Pinhais e faz parte de um pacote de obras anunciado pelo prefeito Toninho Fenelon e o governador do Estado do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior, que inclui obras no final da Avenida Marechal Hermes, pavimentação das ruas Florentino Suchla e Sebastiana Santana Fraga e a duplicação de um trecho da Avenida Rui Barbosa entre a rodovia BR-277 e Rua Thomaz Carmeliano de Miranda, no Guatupê.

Tráfego na BR-277
Foto: Ademar Marques/Prefeitura de São José dos Pinhais

A Prefeitura de São José dos Pinhais informou que por causa do desvio a velocidade na rodovia neste trecho, que antes era de 80 km/h foi reduzida para 60 km/h. “É importante que o motoristas dirija com cuidado já que se trata de uma rodovia federal de movimento intenso cuidado ainda é pouco”, alerta Marco Setim, secretário de Obras de São José dos Pinhais.

Publicidade

Para o prefeito Toninho Fenelon, esta é será uma obra de grande importância para a região. “A rotatória da Avenida Rui Barbosa, na BR-277, já não atende a demanda no sentido Guatupê e vice versa e, por isso, estamos iniciando esta grande obra que certamente trará benefícios para toda a população dessa região”, explicou o prefeito Toninho, lembrando que esta primeira fase da construção da trincheira deverá estar pronta até o dia 15 de dezembro. “A partir daí, passaremos para a fase final da obra”, finalizou.

Trânsito

Para consultar as condições de tráfego em tempo real da rodovia BR-277, acesse as informações da concessionária Ecovia no site oficial ou no Twitter. Baixe também o aplicativo EcoRodovias App (disponível para iOS e Android).

Publicidade

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui