Doze linhas de ônibus mudam itinerário no Tatuquara

Doze linhas de ônibus que servem a região do Tatuquara tiveram alteração de itinerário a partir desta sexta-feira, dia 25 de outubro. A mudança ocorre para melhor atender os passageiros da região, devido à liberação do tráfego para veículos das alças de acesso do Viaduto Pompeia.

“O passageiro do transporte coletivo será beneficiado porque vai tornar a entrada em operação do viaduto vai tornar o sistema viário mais ágil e melhorar o cumprimento de horário e frequência dos ônibus”, explicou Adão José Lara Vieira, coordenador da Unidade de Programação de Operações do Transporte Coletivo da Urbanização de Curitiba.

Com a mudança no tráfego da região, os ônibus terão uma ligação direta com a BR-116, através da Rua Francisco Xavier de Oliveira, que passou por revitalização completa e agora tem nove metros de largura, com duas pistas para o tráfego e mais uma para o estacionamento.

Os passageiros de ônibus devem ficar atentos porque alguns pontos de parada serão desativados e outros criados. As linhas que sofrerão mudanças a partir deste sábado são as seguintes: Tupy – Juliana, Vila Juliana, Rurbana, Rio Bonito semi-direto manhã e tarde, Caximba – Olaria, Madrugueiro Tatuquara e Pompeia – Janaína, Jardim Ludovica.

A Urbanização de Curitiba elaborou mapas explicativos sinalizando as mudanças para facilitar o planejamento das pessoas que se deslocam pela região.

617 Jardim Ludovica
646 Pompeia – Janaína
655 Jardim da Ordem
659 Caximba – Olaria
679 Madrugueiro Tatuquara
680 Rurbana
681 Dalagassa
684 Rio Bonito
684 Rio Bonito – Semi-Direto (Manhã)
684 Rio Bonito – Semi-Direto (Tarde)
690 Vila Juliana
772 Tupy – Juliana

Entenda as obras

A estrutura do Viaduto Pompeia foi entregue em setembro de 2015 pela Autopista Planalto Sul (atual Arteris Planalto Sul), concessionária responsável pela rodovia BR-116, mas sem as alças necessárias para os motoristas usem o viaduto. As alças deveriam ter sido construídas pela gestão anterior, mas isso não aconteceu.

A partir de setembro de 2018 as obras foram iniciadas. Foram investidos R$ 5.090.238,86 e, além das alças, o projeto executou serviços de pavimentação, drenagem, paisagismo, contenção, sinalização e iluminação em alguns trechos das vias de acesso.

Viaduto Pompeia mais do alto
Foto: Luiz Costa/Secretaria de Comunicação Social

Mobilidade Curitiba

A redação do Mobilidade Curitiba é responsável pela produção de conteúdo sobre a mobilidade urbana de Curitiba e Região Metropolitana. Deseja entrar em contato conosco para enviar informações, sugestões de pauta ou anunciar? Envie um e-mail para contato@mobilidadecuritiba.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.